Inter confirma rescisão amigável, e Adriano cogita jogar no Brasil

A Inter de Milão deu fim, oficialmente, à passagem de Adriano pelo clube. Através de comunicado em seu site oficial, a equipe italiana divulgou que as partes chegaram a um acordo amigável para a rescisão de contrato do brasileiro. Segundo a Inter, os documentos foram registrados na manhã desta sexta-feira. Livre, Adriano admite escutar propostas do Brasil e da Europa e abreviar o tempo de afastamento do futebol.


A Inter rescindiu o contrato de Adriano, que pensa em abreviar período longe do futebol
'ADRIANO SAI PELA PORTA DA FRENTE'
CONFIRA A BIOGRAFIA DO ATACANTE
Em entrevista ao canal Sportv, o empresário do atacante, Gilmar Rinaldi, confirmou que Adriano não tem mais ligação com a Inter e que está disposto a retomar a carreira em breve, na Europa ou até mesmo no Brasil. "Ele já pensa em voltar a jogar e vamos conversar sobre a nova temporada europeia ou sobre o Brasil. Vamos amadurecer a ideia e avaliar todas as possibilidades", disse.

Para encurtar o seu tempo longe dos gramados, Adriano mantém a forma física em academia e já está recuperado de uma lesão no tornozelo que o incomodava. "A rotina de Adriano é de cuidado com a forma física. Ele teve um problema no tornozelo, e essa parada ajudou para que ele pudesse se recuperar. Está correndo todos os dias e mantendo a forma em uma academia", afirma Rinaldi.

O agente assegurou que Adriano não está disposto a continuar a sua carreira na Itália. "Ele queria sair da Inter pelo desgaste que aconteceu com o clube, natural pelo tempo que ele esteve por lá. E a mesma coisa acontece com o país, já que ele sofreu uma cobrança enorme da imprensa", comentou Rinaldi, que destaca que Adriano está aberto às propostas.

"Vamos avaliar, ouvir, conversar e decidir pelo melhor na sua carreira". Os rumores de que a Inter teria uma cláusula que impedia o jogador de assinar com qualquer equipe sem o sinal verde do clube de Milão não é verdadeiro, segundo o empresário. "Não houve pagamento de nenhuma quantia. A partir de agora ele está livre para jogar em qualquer time do planeta", assegurou.

Em oito anos, o atacante, que tinha contrato com a Inter até 2010, marcou 74 gols pela equipe. De acordo com a imprensa italiana, a decisão de não retornar à Itália para se apresentar ao clube após a última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo teria sido decisiva na escolha dos dirigentes italianos em rescindir o contrato milionário que Adriano havia assinado.

Nos últimos dias, o rival Milan foi cogitado como possível destino do brasileiro. Adriano Galliani, vice-presidente da equipe de Kaká e Alexandre Pato, fez questão de negar que haja qualquer interesse na aquisição do atacante. "Ninguém pensou neste assunto, que é da Inter", explicou o dirigente em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!