Seis anos após condenação, Suzane busca liberdade provisória

Condenada por ter planejado a morte dos pais há 10 anos, em São Paulo, Suzane von Richtofen tenta por meio de seus advogados a sua liberdade provisória. Condenada a 39 anos de prisão em 2006 - assim como os autores do crime, os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos - ela aguarda pela realização de um novo exame criminológico que permita que possa voltar à ressocialização. Como o processo corre em segredo de Justiça, os promotores que acompanham o caso não podem entrar em detalhes. A defesa informou que não vai se pronunciar. Na penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, Suzane trabalha em uma oficina de costura. Prestes a completar 29 anos, tem o benefício de a cada três dias trabalhados descontar um na pena. "Sei que há um pedido no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas não posso entrar em detalhes por conta do segredo de Justiça. Pelo tempo que ela já cumpriu de prisão, já seria possível a sua saída. Mas no caso dela depende também de um exame criminológico, que avalia se ela tem condições de se ressocializar", diz o promotor Paulo Rogério Bastos, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté.Terra
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!