Globo encurta novelas para fugir de eleições

Três novelas da Globo serão mais curtas neste ano. Além de Em Família, que será a mais breve das nove desde 1979, a próxima das seis, Meu Pedacinho de Chão, terá 107 capítulos e ficará apenas quatro meses no ar. Será a trama das 18h mais curta desde Estrela-Guia, de 2001, que teve 83 capítulos. A próxima novela das onze, O Rebu, terá 40 capítulos, 13 a menos do que Saramandaia (2013). As novelas serão mais curtas por uma estratégia da Globo. A emissora quer que a nova temporada de Malhação, a próxima novela das nove (Falso Brilhante, de Aguinaldo Silva) e a substituta de Meu Pedacinho de Chão (Boogie Oogie, do português Ruy Vilhena) estreiem depois da Copa do Mundo e antes do início do horário eleitoral na tevê. A emissora tem pressa porque, durante a campanha política, não sobra tempo para bombardear o telespectador com chamadas apresentando tramas, já que os políticos tomam duas horas e dez minutos por dia da programação das redes. A opção seria estrear em outubro, depois do primeiro turno das eleições. Mas aí haveria outro risco: o início do horário de verão afugenta o público da frente da TV, principalmente no horário das novelas das seis, e uma novela que ainda não caiu no gosto do público pode ter sérios problemas com os números do Ibope no horário de verão. A Globo terá pouco mais de um mês, entre o final da Copa do Mundo, em 13 de julho, e o início do horário eleitoral, em 19 de agosto, para estrear três novelas. O período é curto demais para lançar quatro novelas, por isso a novela das sete foi para o "sacrifício". Buu, a substituta de Geração Brasil, que estreia em abril, vai entrar no ar em novembro, em pleno horário de verão. O ideal na Globo é que haja o espaço de duas semanas entre uma estreia e outra. Assim, Malhação sairá do ar durante a Copa e voltará com nova história imeditamente após o torneio de seleções da Fifa, em 13 ou 20 de julho. Em Família deve acabar em 25 de julho, com a consequente estreia de Falso Brilhante em 28 do mesmo mês. Boogie Oogie estreará duas semanas depois, em 10 de agosto. As datas ainda poderão sofrer alguns ajustes, com variações de uma semana. (Daniel Castro)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!