BAHIA PODE VOLTAR A PRODUZIR ALHO E GERAR MILHARES DE EMPREGOS

alho 

 

A Bahia é o quinto estado brasileiro no ranking dos maiores produtores de alho. Porém, em 2002 chegou a ocupar a segunda posição. “Só nos municípios de Ibicoara e Mucugê, eram mais de 700 hectares plantados e cada um deles gerava até três empregos diretos”, explicou o representante da Câmara Setorial de Hortaliças, Evilásio Fraga. Há 13 anos o Estado começou a perder produtores para Goiás, que passou a oferecer incentivos fiscais. “Foi a carga tributária que fez com que a Bahia deixasse de ser um grande produtor de alho. Nós temos o clima ideal, infraestrutura e conhecimento técnico, mas precisamos voltar a ser financeiramente interessante para os produtores”, sinalizou Fraga. 

Na tentativa de recuperar os bons números da produção de alho na Bahia, Fraga se juntou ao presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Ibicoara, Mucugê e Barra da Estiva, Oseas Rincaglio, e ao deputado Eduardo Salles para uma visita à SEFAZ (Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia) nesta segunda-feira (30). O grupo foi recebido pelo subsecretário João Aslan e equipe para discutir a outorga do crédito do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) na saída do produto para outros estados. 


Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!