Jihadistas se convertem após ouvirem Jesus: “Por que estão me perseguindo?”



Ao longo dos últimos anos, o ministério Bibles4Mideast [Bíblias para o Oriente Médio] vem relatando uma série de testemunhos de conversão que ecoam os encontrados no livro de Atos dos Apóstolos. O mais recente é de Haroon (nome trocado por questões de segurança), um jovem árabe, nascido e criado em uma família muçulmana influente do Oriente Médio. Seu pai era uma das principais autoridades religiosas do seu país, responsável pela imposição da sharia – lei religiosa islâmica. Quando jovem, Haroon foi treinado para ser um exímio atirador de elite. Ele chegou a comandar um grupo de jihadistas que visava “proteger a religião”, o que incluía lutar contra os infiéis, a quem ele considerava seus inimigos. Ele aprendeu a odiar especialmente os cristãos. Alguns meses atrás, ele ficou sabendo que um grupo de cristãos faria um batismo no Mar Arábico. Após reunir mais 18 jihadistas, foram ao local. Seu objetivo, segundo relata, era “matar a todos” para que os cristãos parassem de evangelizar na região onde ele vivia. Após realizar o batismo, o grupo de cristãos entrou em um ônibus, para voltarem para casa. Mesmo tendo chegado atrasados, os automóveis dos soldados islâmicos perseguiram o ônibus por alguns quilômetros, tendo atirado contra ele várias vezes. Contudo, uma tempestade de areia gigante formou-se entre os dois grupos. Assim, os cristãos conseguiram sair do local em segurança. O jovem Haroon conta que Jesus Cristo apareceu em meio àquela tempestade de areia. Seus olhos eram como chama de fogo. Os jihadistas ouviram uma voz muito forte que mostrava que ele estava irado. Então lhes perguntou: “Por que me persegues? É difícil para vocês lutarem contra os aguilhões”, numa frase quase idêntica à que o Paulo ouviu quando ainda perseguia os cristãos (Atos 26:14).
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!