Bahia perdeu mais de 16 mil postos de trabalho com carteira assinada em dezembro de 2016


A Bahia teve saldo negativo de 16.272 postos de trabalho com carteira assinada em dezembro de 2016. O número consta no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), cujos dados são sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). De acordo com a instituição, o resultado expressa a diferença entre o total de 35.530 admissões e 51.802 desligamentos no último mês do ano passado. As informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), referentes ao mês de dezembro de 2016, apontam que a Bahia totalizou um saldo negativo de 16.272 postos de trabalho com carteira assinada. O resultado expressa a diferença entre o total de 35.530 admissões e 51.802 desligamentos. O saldo total de 2016 terminou com saldo negativo de 67.291 postos. Setorialmente, em dezembro de 2016, oito segmentos registraram saldo negativo no estado: Construção Civil (-6.126 postos), Serviços (-4.000 postos), Agropecuária (-2.573 empregos celetistas), Indústria de Transformação (-1.973 postos de trabalho), Comércio (-583 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (-467 postos), Administração Pública (-420 postos) e Extrativa Mineral (-130 postos). 
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!