Pesquisadores japoneses conseguem copiar impressão digital a partir de fotos


Pesquisadores japoneses conseguiram copiar impressões digitais de pessoas a partir de fotos em que as pontas dos dedos apareciam bem iluminadas. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o estudo foi feito pelo Instituto Nacional de Informática japonês (NII). As imagens foram feitas a 3 metros de distância das mãos. A pesquisa demonstrou que a identificação por digitais pode ser facilmente violada a partir de fotos que estejam, por exemplo, disponibilizadas nas redes sociais. "O simples ato de casualmente fazer um sinal da paz em frente a uma câmera pode tornar impressões digitais facilmente acessíveis", disse o pesquisador do NII Isao Echizen, em entrevista ao jornal japonês Sankei Shimbun. O instituto trabalha no desenvolvimento de uma película transparente feita em óxido de titânio para ser colocada nos dedos e esconder as digitais, sem prejudicar a identificação por celulares e tablets.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!