Depoimento de Emílio confirma fala de Wagner sobre caixa 2: ‘Todo mundo operou’


Quatro meses antes de Emílio Odebrecht, presidente do grupo que leva o sobrenome da família, admitir que o caixa 2 “sempre existiu” na empreiteira (veja aqui), o ex-governador Jaques Wagner apontou, ao Bahia Notícias, que o artifício era uma regra no sistema político brasileiro. Em novembro do ano passado, Wagner apontou que todos os partícipes do cenário político adotavam a prática para se manter como parte do jogo. “O nome que se dá de caixa 2 dá a impressão que o cara está numa falcatrua. Não, o cara pegou aquele dinheiro e foi fazer campanha. O sistema era esse, todo mundo operou nesse sistema”, disse Wagner, à época coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes) na Bahia. O ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff expôs o que a classe política, em diversos momentos, tentou negar. “Eu quero contribuição de campanha, se a contribuição puder ser oficial, é sempre melhor. Aí o empresário diz: ‘Ah, eu não quero dar para que meu nome não apareça. E o cara está precisando. O sistema é esse. O cara que está fazendo a campanha dele vai dizer ‘Não quero’?. Falta uma semana para a campanha, o cara diz ‘Tenho R$ 100 mil aqui’, mas não quero que meu nome fique aí. Você vai dizer ‘não quero, muito obrigado’? E o vizinho vai pegar? O sistema é indutor disso”, explicou Wagner, admitindo que todos os interlocutores políticos sobreviveram nesse “sistema” (veja aqui). Em tempos de uma nova lista da Procuradoria Geral da República sobre a Operação Lava Jato com a delação premiada dos executivos da Odebrecht, e de caixa oficial com investigação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), resta saber quantos operadores políticos ficaram fora do uso de caixa 2.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!