‘Não quero a paternidade dessa obra’, diz Temer sobre Transposição do São Francisco


O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou nesta sexta-feira, 10, em Campina Grande, na Paraíba, que não quer ter a paternidade das obras de transposição do Rio São Francisco. “Não quero a paternidade dessa obra, ninguém pode tê-la. A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino”, disse Temer, em uma indireta ao ex-presidente Lula, em cujo governo foi iniciada a construção do canal. A declaração ocorre após ex-presidentes petistas reivindicarem a autoria das obras na região. Ele está no Nordeste para a inauguração do projeto na Paraíba e em Pernambuco. O primeiro compromisso foi em Campina Grande (PB), onde assinou a ordem de serviço para a adequação de capacidade da BR-230, que passa pelo Estado. “Vocês é que pagaram impostos ao longo do tempo para que pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra que vai cada vez mais sendo festejada”, disse o presidente, justificando sua declaração de que a paternidade da transposição é dos cidadãos. Antes, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), afirmou em discurso que “todo mundo quer ser pai dessa obra”, mas que era preciso compreender que é uma sequência de vários governos, citando a concepção do projeto por Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o início das obras por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), destacando que era preciso referenciar o petista com “importância”, e a sequência da execução, “com uma certa letargia”, por Dilma Rousseff (PT). Leia mais no Estadão.
Estadão
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!