Políticos: depoimentos de ex-Odebrecht são 'tira-gosto' de delação


Os depoimentos de ex-executivos da empreiteira Odebrecht ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), divulgados nesta quinta-feira (23), mesmo tendo comprometido ainda mais as imagens dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, não foram comemorados pelos rivais. Isto porque os políticos tememque muitas revelações ainda estão por vir quando forem liberadas as declarações dos 77 ex-executivos da empresa baiana para a Lava Jato.

A divulgação das delações deve ser realizada em meados do mês de abril. No mesmo período, o ministro do TSE Herman Benjamin deve apresentar o seu posicionamento no processo que pede a cassação da chapa Dilma/Temer.
Segundo a Folha de S. Paulo, integrantes do PT acreditam que a delação abalará ainda mais o governo do presidente Michel Temer e que a situação deve piorar com a provável decisão do ministro de cassar a chapa.
Um aliado de Temer disse ao jornal que o escândalo "cresce em progressão geométrica, enquanto o Parlamento pensa em progressão aritmética".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!