technology

tv tribuna

recent posts

tv
tv

Prefeitura de Barro Preto faz diagnóstico na saúde e adota as primeiras providências


Ao iniciar a nova gestão, um diagnóstico situacional revelou diversos problemas no Sistema Municipal de Saúde de Barro Preto herdada da gestão anterior como: falta de materiais, insumos, medicamentos na Rede de Atenção à Saúde do Município, postos de Saúde fechados, déficit de profissionais nas unidades de saúde, bloqueio de recursos pelo Ministério da Saúde por ausência de informação, inconsistência no Sistema de Informação em Saúde, postos de saúde atendendo de forma não adequada no anexo do hospital, ausência de fluxos, rotinas nas unidades, processo de trabalhos fragilizados.
No entanto, com planejamento estratégico, comprometimento e muito trabalho à administração da prefeita de Barro Preto Ana Paula (PMDB) busca sanar essas dificuldades. Nos dois primeiros meses de gestão foram realizadas: Aquisição de insumos, materiais, medicamentos como forma de garantir a continuidade da assistência aos usuários do SUS; realização de processo seletivo de pessoas, como formar de sanar o vazio de profissionais nas unidades. Em tempo que garante o atendimento multiprofissional nas unidades; contato direto com área técnica do Ministério da Saúde, como forma de reativar programas que haviam sido desabilitados pelo mesmo; organização do fluxo e processos de trabalho na Rede de Saúde, como formar de qualificar a assistência em saúde; ampliação do número de procedimento de média complexidade, como aumento do elenco de exames laboratoriais; uma vez que os procedimentos pactuados não atende a necessidade da população; translado dos usuários para realização de procedimentos fora do município como tratamento de Hemodiálise, oncológico e outros procedimentos. Todos os dias os veículos conduzem esses pacientes que tem procedimentos autorizados em Itabuna, é uma forma de garantir a realização de procedimento e o tratamento do usuário. 
A prefeita de Barro Preto também promoveu estruturação e implementação do programa de Tratamento de Domicílio – TFD; alimentação do banco de dados do Sistema de Informação do Ministério da Saúde, evitando bloqueio de recurso e fornecendo as informações necessárias para tomada de decisão assertiva na saúde; reativação dos atendimentos em Saúde Bucal; fortalecimento do Controle Social com realização da eleição dos novos membros do Conselho Municipal de Saúde; fortalecimento da Educação Permanente com foco na valorização e qualificação profissional; abastecimento do hospital com materiais/insumos/alimentos; leito junto ao Ministério da Saúde de equipamento para hospital, através de cadastro de proposta; estruturação de um novo espaço para funcionar a UBS e a estruturação de um  novo espaço físico para  na Secretaria Municipal de Saúde. O local onde funciona é de difícil acesso para pessoas com deficiência e não oferece condições adequada de trabalho.
Os desafios são grandes, mais acreditamos que, com comprometimento, perfil técnico e com muito esforço, temos como garantir a implementação, implantação de serviços que qualifique a assistência e garanta a real qualidade de vida dos munícipes. Saúde também é prioridade em nosso governo“, afirmou a prefeita Ana Pa