Três homicídios em Eunápolis; empresária é morta na piscina


A empresária Adriana Pimenta, de 50 anos, foi encontrada morta na piscina de sua casa, no condomínio Aldeia do Bosque, região do bairro Centauro, em Eunápolis, na noite desta quarta-feira (08). A Polícia Militar esteve no condomínio, que é fechado, mas não divulgou nenhuma informação sobre a provável causa da morte. Até a última atualização desta notícia, era aguardada a chegada da perícia. Adriana Pimenta foi a idealizadora do projeto Iasc / Pitágoras. Inaugurada ano de 2000, por meio de uma sociedade com os irmãos Rodrigo (morto ano passado) e Leandro Pimenta, é uma das instituições de ensino mais reconhecidas da região. De uma família tradicional do município mineiro de Salto da Divisa, Adriana Pimenta expandiu os negócios no setor de educação em Eunápolis, incorporando ao grupo a Escola Cultural, que vinha sendo administrada por ela. É grande a movimentação de amigos e familiares na casa de Adriana Pimenta. Ainda em Eunápolis, dois homens foram mortos por volta das 15h20 desta quarta-feira (08), no bairro Juca Rosa. Eles estavam consumindo bebida alcoólica e churrasco em um bar entre a rua Vilarino Quadros e Avenida José Belézio Filho. Segundo as duas proprietárias do bar, dois bandidos invadiram o local já atirando. Ronei Medina da Silva, de 24 anos, ainda saiu correndo, mas foi atingido por vários tiros na cabeça e caiu na calçada. O amigo dele, ainda não identificado, se escondeu no banheiro, mas também foi assassinado, também com tiros na cabeça. Populares contaram que os marginais fugiram em uma moto não identificada. A arma usada, segundo a polícia, pode ter sido um revólver. O carro de Ronei - um Celta prata, com placa do município de Itabela, ficou estacionado ao lado do bar. Para a polícia, o crime pode ter sido uma vingança, já que Ronei mudou-se para Eunápolis há dois meses, depois de sofrer três tentativas de homicídio em Itabela. Desde então, de acordo com os policiais, ele passou a receber ameaça de traficantes. A mulher de Ronei esteve no local do crime e informou para a polícia que ele já tinha sido preso uma vez, mas não soube informar o motivo. O terceiro homicídio aconteceu no bairro Pequi. Segundo informações da Polícia Militar, Gabriel Marques Santos, de 19 anos, foi atingido por vários tiros na porta de sua, na Rua Tupiniquins. Gabriel estava em casa com a mulher e os dois filhos menores. Ele foi até o portão da frente conversar com um homem que o havia chamado pelo nome. Conforme a esposa, após uma conversa que durou cerca de cinco minutos, foram ouvidos os disparos. A mulher contou que Gabriel saiu do presídio de Eunápolis em dezembro do ano passado, mas não soube dizer por qual crime ele cumpria pena. Dentro da casa, os policiais encontraram uma porção de maconha. (Radar64)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!