Comissão de Ética decide investigar três ministros citados em delações


A Comissão de Ética Pública da Presidência instaurou nesta quinta-feira (27) procedimentos para apurar a conduta de três ministros do governo Michel Temer, com base nas delações de ex-executivos da Odebrecht na Operação Lava Jato. Os alvos das investigações serão os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da República), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia) e Eliseu Padilha (Casa Civil). Caso alguma irregularidade seja comprovada, a comissão poderá recomendar a exoneração deles ao presidente Michel Temer. Como é apenas um órgão consultivo da Presidência da República, a comissão não tem poder para punir servidores e ministros. No máximo, o colegiado pode recomendar exonerações ao chefe do Executivo federal ou tem a possibilidade de aplicar sanções administrativas, entre as quais a censura ética, espécie de "mancha" no currículo do servidor.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!