Operação Citrus: empresário Enoch Andrade ameaça fazer delação premiada


O empresário Enoch Andrade Silva considerado peça chave no esquema de fraudes e superfaturamento em licitações na prefeitura de Ilhéus e na Câmara de Vereadores do Município, está disposto a colaborar com a justiça, por meio de delação premiada. Caso a delação seja homologada, poderá trazer revelações bombásticas nos meios políticos de Ilhéus e região.  
Segundo informações, a decisão do empresário foi tomada em decorrência da juíza Emanuele Vita, Titular da Primeira Vara Criminal de Ilhéus, acatar pedido do Ministério Público e converter a prisão provisória em preventiva, mantendo a prisão por mais 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período.
Enoch está preso no presidio Ariston Cardoso, em Ilhéus, desde o dia 21 de março, na Operação Citrus, deflagrada pelo Ministério Público e, na mesma cela, está acompanhado dos ex-secretários de assistência social no governo Jabes Ribeiro, Jamil Ocké, atual vereador, e Kácio Brandão, os dois também tiveram as prisões preventivas decretadas.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!