Vestígios do vírus Zika são encontrados em outros mosquitos além do Aedes aegypti


Pesquisadores norte-americanos encontraram fragmentos do RNA do vírus Zika em mosquitos Aedes albopictus coletados no Brasil. Até então, apenas o Aedes aegypti é conhecido como vetor primário da doença para humanos. O estudo não conclui, segundo o jornal O Globo, que o chamado "tigre asiático" pode transmitir o Zika para humanos, mas ressalta a necessidade de investigação sobre os vetores. "Nossos resultados significam que o Aedes albopictus pode ter um papel na transmissão do vírus da zika e deve ser motivo de preocupação para a saúde pública", afirmou Chelsea Smartt, professora associada do Laboratório de Entomologia da Universidade da Flórida e principal autora da pesquisa. "Este mosquito é encontrado em todo o mundo e tem uma grande variedade de hospedeiros. O papel deste mosquito na transmissão do vírus da zika precisa ser avaliado". Os Aedes albopictus machos coletados no Brasil testaram positivo para Zika, o que significa que os fragmentos do vírus foram transmitidos das fêmeas para seus descendentes. "Como detectamos fragmentos de RNA de zika sem encontrar o vírus da zika vivo, pode ser que a mãe não tenha sido capaz de transferir o vírus vivo para seus ovo", explicou a pesquisadora
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!