Ambulatório Psicossocial já atende mais de 360 pacientes por dia em Itabuna



Pelo menos 360 pessoas vítimas de transtornos mentais passam, diariamente, pelo Ambulatório Psicossocial, reaberto no inicio deste mês pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna. Os pacientes, vão em busca de atendimento médico, remarcação de consulta, pedido de receita ou de laudo pericial, entre outros serviços disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no município.
A unidade funciona das 7 da manhã às 16h30min, na Rua Zildolina, nº 143,  bairro Mangabinha, próximo à ponte do São Caetano, e conta com uma equipe formada por cinco médicos psiquiátricos, dois psicólogos, uma assistente social, um agente administrativo e um serviço geral.
Diferente do serviço que antes funcionava no Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães, o Ambulatório Psicossocial assegura aos pacientes um atendimento diferenciado e de qualidade. “Aqui é bem melhor do que quando era no Hospital de Base”, segundo destaca a artista plástica Márcia Pinheiro, uma das pacientes assistidas pelo ambulatório. Ela afirma que o ambiente está melhor, mais organizado e que o atendimento também está bem mais acelerado. “Não posso reclamar”, frisa  Márcia.
A acompanhante de paciente, Fernanda Santos de Jesus, também concorda ao dizer que além do bom acolhimento, o ambulatório está bem mais centralizado, o que facilita o acesso dos usuários do serviço. “Como está numa área central, não precisamos esperar muito tempo nos pontos de ônibus como ocorria no hospital. O atendimento também está muito mais rápido”, confirma.
Logo quando foi reaberto, o ambulatório contava apenas com dois médicos psiquiátricos, mas em função da grande demanda, a secretária de Saúde, Lísias São Mateus, decidiu ampliar o número desses especialistas da saúde mental, com o intuito de suprir a carência. Além disso, ainda segundo a secretária, quem busca esse tipo de serviço é porque necessita dele.
“Sabemos que um profissional da área de psiquiatria pode aliviar o sofrimento e trazer o bem estar psíquico ao paciente com transtorno mental”, elucida a secretária. Ela informa também que, embora o ambulatório tenha sido transferido, o Hospital de Base continua disponibilizando seis leitos destinados aos pacientes em crise grave.
A coordenadora do Ambulatório Psicossocial, Livana Fontes, informa que cada médico psiquiatra atende 15 pacientes por dia, o que dá um total de 75 consultas diárias. Ela pede aos pacientes cadastrados para que não se esqueçam de levar o número do prontuário quando forem em busca de qualquer procedimento, a exemplo de consulta ou pedido de um lado. “O número do prontuário é indispensável, pois serve como identidade de cada paciente”, conclui.           
_________________________________
Prefeitura de Itabuna
Assessoria de Comunicação Social
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!