ASSOCIAÇÃO DE JUÍZES FEDERAIS DIVULGA NOTA DE REPÚDIO Á REFORMA DA PREVIDÊNCIA


A  Associação dos Juízes Federais do Brasil emitiu nota em repúdio a Reforma da Previdência. O grupo declarou contrariedade à aprovação da PEC 287/16 e a descrição sobre contenção de privilégios para servidores públicos. Na nota, a Ajufe compara as diferentes contribuições: “Em geral, os servidores públicos recolhem a contribuição previdenciária em 11% sobre seus vencimentos/subsídios. A contribuição previdenciária dos magistrados é de ao menos R$ 3.713,93, valor 6,1 vezes maior que a contribuição máxima do setor privado, fixada em R$ 608,44. Por óbvio, em muitos casos, uma vez que a contribuição do servidor público é maior que a do trabalhador da iniciativa privada, o benefício a ser recebido pelo primeiro também será maior do que a do segundo”, esclarece. Além disso, a associação acredita que propagandas governamentais tentam criar embate entre trabalhadores de diferentes setores. Por fim, a Ajufe diz que “tomará todas as providências cabíveis contra essa postura política de tratamento do dinheiro público”.

Bahia notícias
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!