Coreia do Norte sinaliza disposição em iniciar negociações com EUA


Um alto diplomata norte-coreano afirmou que Pyongyang estaria disposto a encontrar com representantes do governo Trump para iniciar negociações, "se as condições forem estabelecidas". Choi Sun-hee, principal diplomata norte-coreana a lidar com as relações com os EUA, falou brevemente a jornalistas em Pequim neste sábado, a caminho de Pyongyang. Ela passou pela China ao voltar de uma viagem à Noruega, onde liderou uma delegação que realizou uma reunião informal com ex-autoridades e estudiosos norte-americanos. Choi não deu detalhes sobre quais seriam as condições de seu país, mas seus comentários levantam a possibilidade de a Coreia do Norte e os EUA retomarem um diálogo pela primeira vez desde 2008, quando negociações envolvendo seis países sobre o programa de armas nucleares de Pyongyang desmoronou. O presidente dos EUA Donald Trump abriu as portas para conversas este mês, dizendo que ele ficaria "honrado" em encontrar o líder norte-coreano Kim Jong Un. As tensões aumentaram entre os dois países nos últimos meses, depois que o governo Trump declarou que manteria "todas as opções na mesa" para deter o programa de armas nucleares norte-coreano, incluindo um ataque militar. A coreia do Norte respondeu prometendo retaliar com um contra-ataque nuclear.

Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!