Papa pede respeito aos direitos humanos na Venezuela


O papa Francisco pediu, em seu pronunciamento semanal na Praça São Pedro, no Vaticano, neste domingo (30), respeito aos direitos humanos e fim da violência na Venezuela. Confrontos políticos no país sulamericano resultaram em quase 30 mortes no mês. Na avaliação do pontífice, a nação comandada por Nicolás Maduro enfrenta uma “grave crise humanitária, social, política e econômica que está exaurindo a população”. “Faço um sincero apelo ao governo e a todos os componentes da sociedade venezuelana para evitar mais formas de violência, respeitar os direitos humanos e buscar solução negociada”, disse o líder da Igreja Católica. A oposição ao regime exige a realização de eleições diretas, autonomia do Legislativo, onde tem maioria, um canal de ajuda humanitária do exterior para amenizar a crise econômica, além da liberdade para mais de 100 ativistas detidos pelo governo, entre eles Leopoldo Lopez, chefe do radical Partido Vontade Popular. Em sua defesa, Maduro diz que todos os presos estão atrás das grades por crimes cometidos e alega que Lopez, de 45 anos, é o líder de um possível golpe. (Ansa)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!