Primo de Aécio acusado de operar em repasse dos R$ 2 mi da JBS é preso


O primo do senador Aécio Neves atrelado às gravações feitas por Joesley Batista em acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR) também foi preso na manhã desta quinta-feira (18). Frederico Pacheco de Medeiros, o Fred, teria sido filmado ao receber R$ 2 milhões de Ricardo Saud, a mando de Batista. Em outra gravação, Aécio teria pedido o dinheiro ao empresário e avisado que mandaria o primo buscar (veja aqui). Além dele, o assessor do senador Zezé Perrela (PMDB-MG), Menderson Souza Lima, também foi detido. Fred teria repassado o montante a Lima que, por sua vez, teria negociado o repasse do dinheiro para uma empresa de Gustavo Perrela, deputado federal e filho de Zezé. A PF também cumpriu mandados de prisão contra Roberta Funaro, irmã do operador Lucio Bolonha Funaro, e irmã do senador Aécio, Andrea Neves (veja aqui).
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!