Dia de Santo Antônio: solteiros apelam em busca do amor



Atualmente existem 89,6 milhões de solteiros no Brasil. Muitos desses ainda buscam um amor. Quem ainda não perdeu as esperanças busca ajuda com o Santo Antonio, considerado o santo casamenteiro. Em Salvador, na paróquia Santo Antonio Além do Carmo, muitas moças e rapazes buscam na fé em Santo Antônio arrumar um (a) companheiro (a), numa tradição milenar, que passa de pais para filhos. Segundo o frei Ronaldo Marquês Magalhães, ontem (Dia dos Namorados) muita moças solteiras foram até a igreja pedir ao santo para conseguir um marido. “A fé move montanhas, elas pedem com tanta força que são atendidas. Coleciono muitas histórias de relacionamentos que começaram na trezena chegaram ao matrimônio e perduram por anos”, contou, explicando que, as trezenas, missas e procissões acontecem ao longo dos 13 dias que antecedem a festa. Este ano, o tema escolhido foi Santo Antônio: missão e misericórdia. “Considerado como ‘pai dos pobres’, o santo também tem a missão de ajudar os mais necessitados, ainda mais nessa difícil crise econômica que enfrentamos. São muitos os desempregados que apelam para ele em busca de arrumar um emprego”, ressaltou o pároco. Ele enfatizou que, a igreja não só engloba os fatos religiosos. “Também estamos conectados com os aspectos sociais. Essa situação financeira ruim que atingem todos os segmentos da sociedade, sobretudo a dos mais pobres, precisa ser solucionada para que vivamos em harmonia”, pontuou.

A aposentada Antonieta Vieira Silva, que faz aniversário no dia dedicado ao santo casamenteiro, contou que desde pequena imita as virtudes de Santo Antônio. “Vivo como ele, evangelizando e ajudando os mais necessitados. Nasci no dia dedicado a dele, não poderia ser diferente. Todos os anos festejo junto com a comunidade”, contou. Para celebrar a festa de Santo Antônio, os fiéis da paróquia Santo Antônio Além do Carmo a trezena participam logo mais, da alvorada às 6h e das missas às 7h, 9h30, 11h (com oração por cura e libertação) e às 16h. A partir das 17h30, os devotos saem em procissão, seguindo pelas principais ruas dos bairros Santo Antônio e Barbalho retornando para a matriz. O bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Estevam dos Santos Silva Filho, preside a Missa campal, às 19h, encerrando os festejos. Santo Antônio também recebe homenagens na paróquia dedicada a ele, localizada em Fazenda Coutos. Com o tema “A exemplo de Santo Antônio”, hoje acontece alvorada às 5h30, Ofício de Nossa Senhora às 6h, Missas às 6h30 e às 10h. A partir das 18h ocorre uma procissão, que sai da entrada do bairro e segue até a matriz. A Missa Solene, às 19h, será presidida pelo bispo auxiliar Dom Gilson Andrade da Silva.

Na igreja Santo Antônio da Barra (Ladeira da Barra) os fiéis refletiram à luz do tema Com Santo Antônio e Maria encontramos Jesus. Para celebrar o dia dedicado ao santo, a comunidade realiza uma alvorada às 6h30 e participa de missas às 8h, 10h, 12h, 14h30, 16h e 18h. No Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres (Irmã Dulce) também acontecem homenagens ao santo com duas celebrações, às 9h e às 17h. Como é tradição, as missas incluem sempre um gesto concreto, com a oferta de gêneros alimentícios e produtos de higiene pessoal que serão doados a famílias carentes e também ao público assistido pela instituição do Anjo Bom. O tema deste ano foi “Com Santo Antônio, contemplamos Maria como modelo de fé e seguimento do Cristo”.


fonte: avb
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!