PSDB na Bahia vota por deixar governo Temer, mas defende aprovar 'matérias importantes’


O diretório estadual do PSDB na Bahia votou sair da base do governo de Michel Temer e entregar os ministérios que são ocupados pelo partido no governo federal. A decisão foi tomada durante reunião na tarde desta segunda-feira (12). A opção, no entanto, não significa que a sigla faria oposição aos projetos do Palácio do Planalto. "Não é bem ser oposição ao governo, porque na oposição você vota contra os projetos do governo", explicou o deputado federal e presidente estadual do PSDB na Bahia, João Gualberto, em entrevista ao Bahia Notícias. "Qualquer projeto de lei que for importante para o Brasil a gente vota independente de ter ministério", completou, sem deixar claro se fazia referência às reformas propostas pelo governo federal. Gualberto vai levar o posicionamento do partido na Bahia para uma reunião do PSDB nacional que acontece ainda nesta segunda. O encontro deve decidir pela saída ou não da sigla da base do governo Temer e vai reunir deputados, senadores, prefeitos de capitais, governadores, e presidentes de diretórios estaduais. O deputado estadual Carlos Geilson, que participou da reunião do diretório estadual nesta segunda, avalia que o partido está dividido sobre a questão. "A informação que eu tenho é que há um equilíbrio: na Câmara, a maioria quer sair do governo. No Senado, a maioria pretende permanecer", explicou ao Bahia Notícias.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!