Com Trump, diferença salarial entre gêneros triplicou na casa branca



No primeiro ano de Donald Trump na presidência dos Estados Unidos, a diferença salarial entre homens e mulheres que trabalham na Casa Branca triplicou. As informações foram analisadas pelo economista Mark Perry, do instituto conservador American Enterprise Institute.


De acordo com a Folha de S. Paulo, a mediana salarial de funcionárias em 2017 é de US$ 72.650 anuais US$ 72.650 anuais (cerca de R$ 20 mil mensais). Já a mediana entre homens é de US$ 115 mil (R$ 31,6 mil/mês).

"A funcionária típica da Casa Branca de Trump ganha US$ 0,63 para cada US$ 1 ganho por empregados homens", diz o especialista.



A diferença salarial na Casa Branca, de 37%, é mais do que o dobro da diferença nacional, de 17%.

Ainda segundo a reportagem, a diferença salarial entre homens e mulheres durante o primeiro mandato de Barack Obama era de 16%, segundo dados do Wonkblog. Em 2014, essa estatística atingiu 2014.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!