Itororó: disputa de poder entre Dr. Givaldo e Dr. Jaime pode fechar fundação hospitalar


Na noite da última quarta-feira (19), o diretor Presidente da Fundação Hospital e Maternidade de Itororó (FHMI), Jaime Balthazar da Silveira Neto convocou os funcionários para uma Assembleia Geral, com a finalidade de tomar uma solução com os problemas financeiros e assistências da fundação, onde iria apresentar a proposta de contratar uma empresa formada por médicos para sanar esses possíveis problemas.
Ao iniciar a sessão o então diretor Jaime Balthazar foi interrompido pelo diretor e médico Givaldo Vieira Ramos, que começou a tumultuar e desfocar o que estava proposto. A reunião ainda contou com a presença da secretária de saúde e do Prefeito Adauto Almeida que mais uma vez não se preocupou com a comunidade e deixou o hospital estacionado.
A triste situação demonstra que a melhoria da saúde não é prioridade e que o comodismo de alguns funcionários se torna uma força contra a promoção da saúde. Com todo esse tumulto a Assembleia foi encerrada sem nenhuma resolutividade.
Enquanto Dr. Givaldo e Dr. Jaime travam um verdadeira batalha por poder à frente da instituição, a população de Itororó continua sofrendo as consequências da irresponsabilidade e a Fundação Hospitalar e Maternidade com dívidas astronômicas, poderá fechar suas portas. 
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!