Presidente da Fifa não garante Copa das Confederações em 2021


O jogo entre Alemanha e Chile neste domingo (2), que decidirá o título da Copa das Confederações da Rússia, poderá ser o último da história do torneio. A sequência da competição não está garantida a partir de 2021, segundo informou o presidente da Fifa, Gianni Infantino, após ser questionado sobre o futuro do torneio – que é disputada desde 1992 – e fez mistério. “O futuro da Copa das Confederações é a final que vai ser amanhã. Este é o futuro. O que acontece depois disso, vamos analisar, como fizemos com todas as competições desde que cheguei à Fifa. Primeiro focamos na Copa do Mundo e depois de muita análise resolvemos aumentar de 32 para 48 seleções. Estamos estudando todas as competições e obviamente vamos analisar a Copa das Confederações. Talvez possamos aumentar para 48 seleções, ou talvez não (risos)” , disse o presidente da entidade. Desde 2001, quando a Coreia do Sul e o Japão sediaram o torneio, ele é realizado um ano antes do Mundial como evento-teste. A única exceção foi a edição de 2003, na França, quando a competição ainda acontecia a cada dois anos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!