Símbolo de atos pró-impeachment, pato da Fiesp volta contra aumento de impostos


A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) voltou a colocar o pato amarelo inflável de cinco metros em sua fachada na madrugada desta sexta-feira (21), na Avenida Paulista. O pato usado pela entidade, que se tornou um dos símbolos dos protestos em defesa do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, foi retirado do local em março de 2016, quase no fim do processo de impedimento. Segundo informações do portal G1, o ato é um protesto contra o aumento de impostos – o presidente Michel Temer anunciou o aumento da alíquota do PIS/Cofins que incide sobre os combustíveis, que passou de R$ 0,38 por litro de gasolina para R$ 0,79 por litro, que vigora a partir desta sexta. Considerando as Contribuições de Intervenções no Domínio Econômico (Cide), o aumento é de R$ 0,89. A manifestação inclui outro pato menor instalado na sacada do prédio e a distribuição de patinhos infláveis a transeuntes, às 10h. No caso do etanol, a elevação é de R$ 0,20. O diesel sobe R$ 0,21, indo para R$ 0,46 por litro. 
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!