4,1 milhões de brasileiros entraram na faixa da pobreza



O Brasil tem mais pessoas na faixa de pobreza do que tinha em 2014. Conforme estudo publicado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), PNUD (Programa da Nações Unidas para o Desenvolvimento) e Fundação João Pinheiro, o percentual de pessoas pobres cresceu 22% em 2015. A pesquisa, divulgada nesta segunda-feira (14), contabiliza que, em 2014, havia 8,1% de pobres - o menor percentual na história do país. Um anos depois, o número chegou a 9,96%.


"Os dados trazidos pelas PNADs (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) mostram que houve redução na renda per capita da população brasileira e ingresso de 4,1 milhões de pessoas na pobreza, sendo que, deste total, 1,4 milhão de pessoas ingressaram na extrema pobreza", ressalta texto do levantamento Radar IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), de 2015.


A metodologia considera como pobres as pessoas que têm renda per capita domiciliar inferior a 1/4 de um salário mínimo vigente em 2010 - ano do último Censo. Na época, o rendimento era de R$ 510. O levantamento revela ainda, segundo o UOL, que a renda per capita do brasileiro caiu de R$ 803,36 para R$ 746,84, entre 2014 e 2015.

O número de pessoas extremamente pobres (com renda per capita domiciliar de até R$ 70) subiu de 3,01% para 3,63%. O estudo considera ainda que o Brasil teve uma grande retração econômica em 2015 - a maior em 25 anos, provocando queda de 3,8% no PIB (Produto Interno Bruto).

Confira a evolução do percentual de pobres:

2000: 27,9%

2010: 15,2%

2011: 12,41%

2012: 10,4%

2013: 9,9%

2014: 8,1%

2015: 9,96%

Fonte: Radar e Atlas do Desenvolvimento Humano
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!