Bahia tem 7,2 mil casos de menores em uniões conjugais; 5,5 mil são meninas


A Bahia e Salvador ainda registram casamentos infantis – a classificação, da Organização das Nações Unidas (ONU), se aplica a casamentos em que uma das partes tem menos de 18 anos. Segundo informações do jornal Correio, foram oficializados no estado 10 casamentos envolvendo menores de 15 anos em 2015, de acordo com estatísticas de registro civil. Sem considerar apenas as relações formalizadas, o número aumenta: só na capital baiana há 409 meninas com idades entre 10 e 14 anos em uniões conjugais e 138 meninos, de acordo com dados coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No estado inteiro são 7,2 mil uniões, sendo 5,5 mil meninas. O Brasil é o quarto país no mundo com meninas de 15 anos casadas ou em uniões conjugais, considerando os números absolutos: são mais de 877 mil meninas, segundo o estudo Ela Vai no Meu Barco: Casamento na Infância e Adolescência no Brasil, produzido entre 2013 e 2015 pela ONG Instituto Promundo.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!