Celular é 10 vezes mais sujo do que tampa do vaso sanitário, diz estudo





A maior parte das pessoas nem se dá conta, mas acaba usando o celular em todos os locais, do banheiro aos transportes públicos, da mesa à rua. Este pode não ser um bom hábito, de acordo com um estudo publicado no jornal NCBI, que concluiu que os celulares contêm milhares de bactérias. Segundo a revista Time, o grupo de pesquisadores da Universidade de Tartu, na Estônia, analisou os celulares de estudantes do ensino médio e descobriu que estes dispositivos podem abrigar mais de 17 mil cópias de genes bacterianos.


Outro estudo, realizado por cientistas da Universidade do Arizona, revela que os celulares podem ter dez vezes mais bactérias do que uma tampa de sanita, não só porque são limpos com muito menor frequência, como o próprio material pode permitir uma maior sobrevivência destes organismos.


Para evitar possíveis contágios o melhor que pode fazer é lavar as mãos mais vezes e manter o celular longe de locais potencialmente contaminantes – como banheiros, hospitais ou transportes públicos, por exemplo. Pode e deve ainda tentar desinfetar este aparelho pelo menos uma vez por mês, com um tecido de microfibra e uma combinação de 60% água e 40% álcool isopropílico (que não danifica os materiais do aparelho).
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!