Filme de Recôncavo baiano é selecionado para o Festival de Brasília


O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é talvez hoje o mais importante e prestigioso evento cinematográfico do país. A lista de selecionados acabou de ser divulgada e há dois filmes baianos em competição: o longa-metragem "Café com Canela", de Glenda Nicácio e Ary Rosa, e o curta "Mamata", de Marcus Curvelo. "Café com Canela" é produzido pela Rosza Filmes Produções, empresa sediada na cidade de São Félix, próximo a Cachoeira. Os diretores do filme e donos da produtora passaram pelo curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Recôncavo (UFRB) e sediaram lá sua empresa. "Café com Canela" é o primeiro longa que eles realizaram. “É uma felicidade estar no festival, junto com cineastas que a gente admira tanto. Ficar entre os nove é surpreendente, mas estamos muito animados até por ser uma edição muito importante do festival, a 50ª”, comemora o diretor Ary Rosa. Segundo ele, "Café com Canela" é uma história de cotidiano, traçada a partir do reencontro entre duas mulheres, Margarida e Violeta. O filme pretende mostrar a cara do recôncavo baiano, explorando as regiões de Cachoeira, São Félix e Muritiba. “É um ponto muito chave e caro para gente o respeito e o entendimento desse lugar. E o Festival Brasília é uma janela linda para mostrar isso”, arremata o diretor.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!