Governo admite rombo de até R$ 159,5 bi neste ano; previsão inicial era R$ 139 bi


O governo federal considera ampliar em R$ 20 bilhões o rombo das contas para este ano. Há um ano o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, considerou como meta R$ 139 bilhões, mas já cogita que o limite do rombo chegue a R$ 159,5 bilhões - mesmo valor das contas do governo no ano passado. O montante representa 2,54% do Produto Interno Bruto (PIB). De acordo com informações do Estadão, Meirelles avisou à equipe que tomará a decisão final até 31 de agosto, quando será enviado ao Congresso o projeto de Orçamento do ano que vem. Também deverá ser revista a meta fiscal de 2018, que permite um déficit de até R$ 129 bilhões. Em relação à questão fiscal, Meirelles disse que por enquanto a meta anunciada será seguida, mas um integrante da equipe econômica afirmou que é "forte" a possibilidade de revisão. Segundo o Estadão, a Fazenda avalia que é inviável manter o corte do Orçamento nos níveis atuais (R$ 45 bilhões) por causa do risco de paralisação da máquina administrativa, o que afetaria serviços públicos. O governo aguarda uma análise mais detalhada dos dados da receita de julho para avaliar se a recuperação da arrecadação poderá ocorrer no ritmo adequado até o final do ano. Fontes disseram também que Meirelles garantiu revisar a meta, se houver necessidade, e não teme perda de confiança na condução da sua política.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!