Molon diz que resultado é 'trágico' e critica governo: 'sai vivo, mas sai na UTI'


O deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) criticou o arquivamento da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, em votação nesta quarta-feira (2), na Câmara dos Deputados. Primeiro parlamentar da oposição a deixar o plenário após o placar mostrar que o peemedebista havia obtido o número de votos necessário para barrar a ação penal, Molon afirmou que o resultado é “trágico” para a democracia brasileira. Ele concluiu ainda que o Palácio do Planalto saiu fragilizado desse processo. "O governo sai vivo, mas sai na UTI", disse. “Aqui na Câmara, foi inventada uma forma parlamentar de obstrução da Justiça. É o Parlamento brasileiro obstruindo a Justiça. Tudo isso pago com o dinheiro público. A população brasileira é que está pagando a conta desta vergonha que está acontecendo hoje”, criticou. O representante da Rede espera que a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresente uma nova denúncia contra Temer e acredita que a pressão popular pode mudar o resultado em uma nova votação. "Eu não tenho dúvidas de que esse resultado vai provocar forte reação da sociedade brasileira, que queria que a denúncia fosse apresentada ao Supremo. E essa pressão da sociedade tende a mudar votos para a segunda denúncia", comentou.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!