Morre Tobe Hooper, diretor de 'Poltergeist' e 'O massacre da serra elétrica'


O diretor de cinema Tobe Hooper morreu neste sábado (26) aos 74 anos, na California, nos Estados Unidos. A causa da morte ainda não foi confirmada. Hooper ficou conhecido por dirigir os filmes de terror "Poltergeist" e "O massacre da serra elétrica". Ele deixa dois filhos. Nascido em Austin, Texas, Hooper era professor universitário e produtor de documentários antes de fazer sucesso, em 1974, ao dirigir "O massacre da serra elétrica", um dos filmes de terror mais influentes do gênero. O filme custou menos de US$ 300 mil e ele foi banido em vários países por sua extrema violência. Mas ainda sim, se tornou uma das produções mais rentáveis da década de 1970. Hooper também dirigiu a sequência do filme, em 1986, que teve uma abordagem mais suave. Em 1982, Hooper dirigiu outro grande sucesso: "Poltergeist – O fenômeno", filme escrito e produzido por Steven Spielberg. A produção teve um orçamento de US$ 11 milhões e rendeu US$ 76,6 milhões, de acordo com o Internet Movie Database (IMDb). Ele ainda dirigiu os filmes "Pague para entrar, reze para sair" (1981) e "Invasores de Marte" (1986), entre outros. Na TV, dirigiu episódios das séries "Histórias maravilhosas" (1987), "A Hora do Pesadelo – O Terror de Freddie Krugger" (1988) e "Taken" (2002).
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!