Operação Citrus: dinheiro roubado ainda não foi recuperado


Após a megaoperação Citrus deflagrada pelo Ministério Público Estadual e com apoio da Policia Civil no dia 21 de março em Ilhéus, que resultou na prisão de 06 pessoas acusadas de integrar grupo criminoso que desviou mais de R$ 25 milhões de reais dos cofres da prefeitura de Ilhéus e da Câmara de Vereadores entre os anos de 2009 a 2016, a sociedade em geral faz a seguinte indagação: a justiça conseguiu recuperar o dinheiro que foi surrupiado?
No vai e vem dos presos, Jamil Ocké, Kácio Clay e Enoch Andrade, no prédio do fórum Epaminondas Berbert de Castro, para as audiências, interrogatórios ou até sucessivos pedidos de liberdade dos seus respectivos defensores, não se ouve falar em momento algum na devolução do dinheiro que foi roubado do tesouro municipal.
Os acusados preferem mais tempo na cadeia ao invés de colaborar com a justiça, por meio de delação premiada, para evitar que os figurões da política ilheense sejam alcançados e dividam o mesmo espaço no Ariston Cardoso. A omissão dos encarcerados em detrimento a proteção dos aliados/poderosos e de colarinho branco renderá nos próximos dias a decisão nos tribunais pela condenação.
Quem viver, verá!
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!