Denúncia da PGR contra 'quadrilhão do PMDB' pede reparação de mais R$ 642 milhões


A denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, e mais oito pessoas pede a reparação de danos no montante de, no mínimo, R$ 642.101.098,48 aos cofres públicos. Além da segunda denúncia contra um presidente da República em exercício, a Procuradoria-Geral da República requereu a condenação do ex-deputado Eduardo Cunha, do ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves, do ex-ministro Geddel Vieira Lima, do ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, e dos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, todos integrantes do “quadrilhão do PMDB”, e do empresário Joesley Batista e do ex-diretor do Grupo J&F Ricardo Saud. No texto de 245 páginas, encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicita o pagamento de R$ 587.101.098,48 por danos materiais e, no mínimo, R$ 55 milhões por danos morais.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!