Funaro diz à PGR que Temer comprou imóveis com dinheiro de propina


O corretor de valores Lúcio Funaro, delator da operação Lava Jato, informou à Procuradoria-Geral da República (PGR) que o presidente Michel Temer comprou imóveis com dinheiro originário de propina. O Palácio do Planalto rebateu a acusação e disse que “Funaro continua espalhando mentiras e inverdades de forma contumaz”. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o doleiro ainda afirmou à PGR ainda “que sabe que Eduardo Cunha redistribuía propina a Temer com ‘110%’ de certeza. De acordo com Funaro, o ex-assessor de Temer, José Yunes, lavou dinheiro para o presidente. "Que sabe que Michel Temer tem uma série de imóveis adquiridos da incorporação de Yunes; sabe que, por trabalhar no mercado financeiro, que a maneira mais fácil•de lavar dinheiro é por meio de compras de imóveis", aponta o depoimento. Cunha, por sua vez, teria contado a ele detalhes sobre um imóvel em São Paulo: um andar inteiro na Avenida Brigadeiro Faria Lima, “em um prédio que tinha sido recém-inaugurado". \"Todos imóveis do presidente Michel Temer foram comprados de forma lícita e estão declarados à Receita Federal", afirmou o Planalto em nota. "O imóvel na Avenida Faria Lima, em São Paulo, por exemplo, foi adquirido no início de 2003. Eduardo Cunha sequer era filiado ao PMDB no momento da compra", acrescenta o comunicado.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!