MP pede destituição de Eurico Miranda da presidência do Vasco



Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a destituição de Eurico Miranda da presidência do Vasco da Gama. Na denúncia, o órgão alega que o clube teria contratado torcedores da Força Jovem, organizada que está banida dos estádios, além de ter acobertado casos de violência dentro dentro de São Januário.


Além de Eurico, o Ministério Público pediu também o afastamento de membros da diretoria do Vasco e uma multa de 500 mil reais.

Segundo o Globoesporte.com, a denúncia sustenta também que foi grave a inauguração de um camarote para a Força Jovem, dentro de São Januário, no dia em que a equipe enfrentou o Flamengo, num clássico que ficou marcado por uma confusão generalizada. Desta forma, o Vasco teria descumprido artigos do estatuto do torcedor acerca da violência, ao apoiar a organizada.

Em sua defesa, Eurico Miranda emitiu uma nota, via assessoria de imprensa, e classificou a denúncia do MP-RJ como “absurda”. Entretanto, ele afirmou que falará em juízo. A Força Jovem negou que tenha camarote em São Januário.


Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!