Jonathan, a tartaruga mais velha do mundo, é homossexual



Biológos constataram que a tartaruga Jonathan, conhecida por ser a mais velha do mundo, vivia há 26 anos com um macho da mesma espécie. Os pesquisadores descobriam que a "parceira" dele, Frederica, não era fêmea após o animal passar por uma bateria de exames.


Aos 186 anos, Jonathan vive na ilha de Santa Helena, território britânico próximo à costa da África do Sul. Ele chegou ao localaos 30 anos, como presente para um governador. Com a idade, o bicho passou a demonstrar irritação e, por isso, acabou ganhando uma "namorada" em 1991.


De acordo com reportagem do jornal 'The Times', o casal acasalava todos os domingos de manhã. Apesar da empolgação, a "fêmea" não teve nenhum filhote em 26 anos de união. Os biólogos responsáveis só descobriram que Frederica era macho depois de fazerem exame porque o animal feriu o casco.

As diferenças entre macho e fêmea da espécie não são fáceis de identificar, especialmente com o avanço da idade. A característica mais típica é a "barriga" côncava dos machos,que serve para acoplar mais facilmente nas costas da fêmea.

Os casamentos homossexuais são proibidos na Ilha de Santa Helena, que tem população de cerca de 4 mil habitantes.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!