Se vencer a Venezuela, Uruguai garante vaga na Copa do Mundo de 2018


O Uruguai pode garantir nesta quinta-feira, por antecipação, a sua classificação à Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Para isso, basta vencer a Venezuela. A partida vai ser realizada em San Cristóbal, mas isso pode fazer pouca diferença. Isso porque os venezuelanos estão na lanterna das Eliminatórias Sul-Americanas, com apenas oito pontos.


Já os uruguaios são os vice-líderes, com 27 pontos e oito vitórias, e asseguram um lugar no Mundial se vencerem graças ao confronto direto entre Argentina e Peru. Se o Uruguai atingir 30 pontos, não poderá ser mais alcançado por uma das equipes que se enfrentam em Buenos Aires - ou até pelas duas.

A aparente facilidade, no entanto, não reduz a precaução do técnico Óscar Tabárez. Ele entende que a Venezuela é um adversário perigoso e se baseia na derrota do ano passado por 1 a 0, na Copa América Centenário realizada nos Estados Unidos.

"Aquele encontro mostrou que eles farão um jogo difícil, temos muita clareza do que isso significa", disse Óscar Tabárez, que terá Cavani e Suárez no ataque. "O objetivo é ganhar e vamos tentar, com mentalidade, atitude, ter um bom desempenho para conseguir o que queremos".



A Colômbia, terceira com 26 pontos, também tem possibilidades matemáticas de se garantir nesta quinta-feira. Mas, para isso, não depende unicamente de sua próprias forças. Vai precisar de uma combinação de resultados. Terá de vencer em casa o Paraguai, que tem 21 pontos - o jogo será às 20h30 (de Brasília), em Barranquilla - e torcer para que o Chile tropece diante do Equador.

Falcao García, artilheiro colombiano, entende que o time tem de fazer a sua parte e esquecer o jogo em Santiago. Mas pediu à torcida que tenha paciência, pois, do contrário, pode atrapalhar os jogadores. "Talvez o público deseje que a partida seja definida rapidamente, mas temos que ter tranquilidade. Somos cientes de que o jogo dura 90 minutos, tomara que possamos marcar rápido, mas, se não, teremos que ter paciência", disse.

Se vencer nesta quinta-feira, a Colômbia no mínimo já garantirá o quinto posto, que dá direito a disputar a repescagem contra o representante da Oceania (a Nova Zelândia).

O Chile, bicampeão da Copa América, está desesperado. Em sexto com 23 pontos, só manterá as chances de ir à Rússia se vencer o Equador. Um empate já poderá acabar com o sonho.

O técnico argentino Juan Antonio Pizzi tenta minimizar a pressão. "Eu fui criado neste ambiente, inclusive mais hostil. No futebol argentino, é mais hostil que aqui. Conheço as pressões. Dirigi e joguei nas maiores equipes do mundo. Sei da repercussão sobre tudo o que fazemos e isso não me surpreende", desabafou.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!