Tomate é vegetal, apesar de ser fruta, decide Suprema Corte do EUA


Tomate é vegetal, apesar de ser fruta. Esse foi o entendimento da Suprema Corte dos Estados Unidos, que está prestes a tomar decisões importantes. Um artigo, publicado pelo jornal The Washington Post, é lembrado a decisão da Corte, em 1893, que entendeu que o toma é vegetal e não uma fruta. No artigo, é dito que os ministros são “alérgicos” a matemática e alguns não usam estatísticas em seus votos e podem usar dados falsos quando fazem levantamento por conta própria, e que a lógica dos ministros algumas vezes é surpreendente. Em 1893, quando a decisão do tomate foi tomada, havia uma diferença significativa entre vegetais e frutas, não por causa da botânica, mas por causa da “receita federal”. O governo tributava a importação de vegetais em 10%, mas não tributava a importação de frutas. Assim, o governo quis coletar impostos da atacadista de Manhattan John Nix & Co, que importava tomate em grandes quantidades. Em 1887, John Nix e sócios moveram uma ação contra o então diretor da Alfândega no porto de Nova York, Edward Hedden, procurando “recuperar impostos pagos sob protestos” e parar de pagá-los. Seis anos mais tarde, o processo chegou à Suprema Corte (caso Nix v. Hedden). Em sua defesa, os autores da ação citaram três dicionários (Webster’s, Worcester’s e Imperial) e apresentaram duas testemunhas especializadas, para provar que tomate é uma fruta. Os ministros não contestaram a botânica, mas decidiram que tomate é um vegetal assim mesmo.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!