Com medo, madrasta de Isabella Nardoni recusa trabalho fora da prisão



Com medo de ser hostilizada, Anna Carolina Jatobá, acusada de matar a enteada Isabella Nardoni e condenada a 26 anos e oito meses de prisão, optou por não trabalhar fora do presídio de Tremembé. A detenta recebeu autorização para cumprir a pena em regime semiaberto, em julho deste ano, no entanto, abriu mão do benefício por temer reação da população.


Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, Anna prefere ficar protegida dentro da unidade prisional, onde está desde 2008, ano em que cometeu o assassinado, junto com o marido, Alexandre Nardoni.


Em outubro deste ano, a presa recebeu pela primeira vez permissão para saída temporário de Dia das Crianças. Anna, que já cumpriu nove anos de detenção, tem dois filhos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!