Coreia do Norte lança míssil balístico no mar do Japão



A Coreia do Norte lançou um míssil balístico na madrugada desta quarta-feira (horário local, tarde de terça no Brasil), o primeiro em dois meses, em uma nova provocação à comunidade internacional, que havia reforçado as sanções contra Pyongyang. O novo disparo levou Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul a solicitarem uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU. A reunião será celebrada na quarta-feira às 16h30 locais (19h39 de Brasília). Segundo o Pentágono, o artefato seria um míssil balístico intercontinental (ICBM) e teria voado 1.000 quilômetros antes de cair no Mar do Japão. Já a agência de notícias sul-coreana Yonhap noticiou que o míssil foi lançado para o leste a partir da província de Pyongyang Sul, detalhando que os militares sul-coreanos e americanos estavam analisando os dados. "Às 13h30 (16h30 de Brasília) detectamos um provável disparo de míssil proveniente da Coreia do Norte", confirmou em Washington o porta-voz do Pentágono, o coronel Rob Manning. O secretário americano de Defesa e chefe do Pentágono, general James Mattis, declarou que o teste realizado representa uma ameaça para o mundo inteiro. Este míssil alcançou a maior altura já registrada nos testes norte-coreanos e representa "uma ameaça para todo o mundo, francamente", declarou Mattis na Casa Branca. O presidente americano, Donald Trump, estava visitando o Congresso no momento do lançamento e "foi informado sobre a situação na Coreia do Norte enquanto o míssil ainda estava no ar", explicou sua porta-voz, Sarah Sanders.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!