Garotinho cobrava 10% do contratos com prefeitura de Campos, diz empresário


O ex-governador Anthony Garotinho, preso na última quarta-feira (22), cobrava 10% dos contratos com a prefeitura de Campos, durante a gestão de Rosinho Garotinho. A informação é do empresário José Gomes Ribeiro de Castro, passada em depoimento à Polícia Federal. Segundo ele, o dinheiro era entregue ao policial civil aposentado Antônio Carlos Ribeiro da Silva, conhecido como Toninho. Ele é apontado pela PF e pelo Ministério Público Eleitoral como operador e braço armado de Garotinho. De acordo com o Blog do Noblat, havia na prefeitura um esquema de direcionamento de licitações. Após a publicação dos editais, Garotinho determinava qual empresa deveria executar a obra, por ser o "prefeito de fato da cidade". As construtoras se reuniam na sede do sindicato para definir quem iria "dar cobertura" à vencedora.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!