Pai de Guerrero culpa médicos e critica: 'Não sabem tratar gripe'



O pai do atacante Paolo Guerrero, José Guerrero, mostrou-se indignado com o fato de o filho ter testado positivo em exame antidoping feito antes da partida entre Argentina e Peru, pelas Eliminatórias da Copa-2018, no começo de outubro. Em entrevista à Rádio Nacional, de seu país, ele foi duro nas críticas aos médicos da seleção peruana - em especial o chefe do departamento médico, José Segura.


"Creio que o doutor Segura é ortopedista, não creio que tenha conhecimentos para tratar uma gripe. A equipe médica agora lava as mãos e não quer dizer o que aplicou (em Guerrero). Tenho total segurança que ele não consumiu nada sem autorização. Tomou o que o departamento médico indicou para gripe. Aplicaram uma injeção nele antes da partida contra a Argentina", contou.

Guerrero foi flagrado pelo uso de uma substância encontrada na cocaína e no chá de coca. Na mesma entrevista, o pai do jogador fez questão de ressaltar que o filho "desconhece maconha ou cocaína".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!