Restaurantes forneciam comida 'gourmet' a presos da Lava Jato, diz MP



Pelo menos três restaurantes da Zona Sul do Rio de Janeiro são suspeitos de entregar alimentos como bacalhau, queijo de cabra, presunto importado, camarão e risoto a presos da Lava Jato que estão na Cadeia Pública José Frederico Marques, no Rio. As informaçoes são do canal GloboNews.


A comida foi apreeendida por promotores do Ministério Público estadual nesta sexta-feira (24).

Os ex-governadores Antonhy Garotinho e Sérgio Cabral, além do presidente afastado da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani, e os deputados também afastados Paulo Melo e Edson Albertassi, do PMDB, estão detidos no local onde os alimentos foram encontrados.

A promotora estadual Elisa Fraga explica que das celas 1 a 9 da prisão - onde estão os detentos da Lava Jato - havia embalagens similares, com alimentos também parecidos. Por isso, o MP acredita que as produtos vinham dos mesmos estabelecimentos.

Detentos do Sistema Penitenciário podem receber refeições prontas, desde que sejam feitos por alimentos sem cozimento.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!