Chefe de Delito Fiscal da Espanha diz que CR7 deve ser preso




Cristiano Ronaldo é acusado de fraudar cerca de 15 milhões de euros na Espanha, valor que gira pela casa de 60 milhões de reais. Por conta disso, ele teve sua prisão solicitada pela chefe de Delito Fiscal da Fazenda do país.


Segundo o El Mundo, Caridad Gómez Mourelo teria dito ao juiz que julga seu caso que ele deveria ser preso pela fraude:

"Sinceramente, temos pessoas na prisão por terem deixado de pagar 125 mil euros", disse Mourelo, destacando que o valor é 120 vezes menor que o não declarado por CR7.


A chefe do setor afirma ainda que o atleta português do Real Madrid "usou testas-de-ferro e paraísos fiscais para escapar dos impostos de seus direitos de imagem".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!