Ilheús: Hospital Regional fica sem médico e crianças doentes voltam para casa



O Hospital Regional Luiz Viana Filho, futuro Hospital materno-infantil, está desde sexta-feira (23) sem atendimento pediátrico. Crianças que necessitam de atendimento tem voltado doentes para casa. Na manhã desta terça-feira (26) mães procuraram a redação de O Tabuleiro para denunciar a situação.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, havia anteriormente, no dia 14, afirmado ao comunicador Vila Nova na Ilhéus FM que o Viana Filho não iria fechar durante as reformas e continuaria prestando atendimento Pediátrico, o que de acordo com os relatos não vem acontecendo.

“Vim ontem (25) não teve médico, vim hoje com minha filha queimando de febre. Do jeito que tá não pode ficar, porque eu não posso passar qualquer tipo de remédio e ela piorar. Para acabar de completar chego hoje (26) às 6h e não tem médico e ela está com muita febre, precisando de um remédio, precisando passar por um médico e até agora nada.”, afirmou Rosana da Silva, mãe de uma menina de 4 anos e moradora do Basílio.

Nora de Jesus Silva também esteve na redação, ela estava muito preocupada com a situação, seu filho tem apenas 1 ano e 8 meses. “Meu filho está com diarreia, vômito, já tem 3 dias que está se sentindo assim, passando mal, só vindo para o Hospital e não tem atendimento.

Ainda de acordo com relatos os atendimentos de pediatria nos postos de saúde só estão ocorrendo com agendamento. Em participação em 22 de dezembro no O Tabuleiro, Elisângela Oliveira, a Secretária de Saúde de Ilhéus, disse que não era necessário pediatras e outros especialistas nos postos de saúde do município e que o atendimento pediátrico seria todo direcionado para o Hospital Luiz Viana Filho, e garantiu ao comunicador Vila Nova, apresentador do programa, que já havia pediatra e que inclusive fechara a escala do Hospital com o diretor, Cláudio Moura. Na edição de hoje 26, o comunicador chamou atenção do diretor para que esclarecesse a situação e pediu ao Governador Rui Costa que intercedesse.

“Cadê os médicos do Hospital Regional? Dr. Claúdio Moura Costa não se manifesta! Tem uma cargo público e não se manifesta. Tem que chamar atenção do Governador! Governador Rui Costa cadê os médicos do Hospital Regional de Ilhéus? Porque o senhor disse Governador que iria atender pediatria enquanto não transforma esse hospital em Materno infantil. Cadê os médicos pediatras?Porque o seu diretor aqui de Ilhéus não fala nada sobre o assunto, não se manifesta para absolutamente nada. Não responde a população. Se ele não se manifesta eu tenho que perguntar a você governador”, disse Vila Nova.

O fato é que o Regional que ainda é de responsabilidade do Estado continua sem pediatra.

“Aqui no Regional era para ter pediatra e não está tendo, já tem mais de 3 dias assim. Então como fica a situação se não está tendo atendimento de adulto, tinha que ter das crianças, então como não tem a pediatra que atende embaixo tinha que ter a que está de plantão. Então as crianças estão ficando no leito para morrer?” disse Queliane Conceição, mãe de uma criança de 9 anos.

De acordo com Queliane ela conversou com um dos atendentes que disse que ela poderia esperar, mas que não tinha como garantir que a pediatra iria ao Hospital. “Ela tem 4 números de telefone e também não está atendendo”, afirmou a atendente.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!