Novos confrontos em Jerusalém deixam ao menos 80 feridos



Centenas de manifestantes palestinos entraram novamente em conflitos nesta quarta-feira (20) com forças israelenses para protestar contra a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. Aproximadamente 1 mil pessoas lançaram pedras contra o Exército israelense no posto de controle de Qalandiya, entre Jerusalém e Ramallah, na Cisjordânia ocupada.


Por sua vez, as autoridades reagiram com gás lacrimogêneo, bombas de efeito moral e balas reais. De acordo com os dados do Crescente Vermelho, relatados pela imprensa local, 81 pessoas ficaram feridas em vários lugares da Cisjordânia. Protestos e confrontos também foram registrados em Hebron e Nablus, além da Faixa de Gaza. 


Os atos foram convocados pelos palestinos por ocasião da visita do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, a Jerusalém. 

No entanto, ele adiou a visita para janeiro de 2018. O político é apontado de ter influenciado fortemente a polêmica decisão do republicano. 

A declaração de Trump rompeu décadas de diplomacia norte-americana e internacional sobre o status de Jerusalém. A medida tem provocado constantes protestos e confrontos entre palestinos e israelenses. Com informações da ANSA.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!