Ubatã: Vereador tem mandato cassado após decisão judicial; edil responde no cargo


O vereador Wellington Ferreira, o Pulú (PSL), eleito nas Eleições 2016 com 316 votos, teve seu mandato cassado após sentença judicial expedida pela juiza eleitoral, Alzeni Conceição, da 134ª Zona, no julgamento de uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), Processo nº 1-31/2017.605.0134. Na ação, o advogado e suplemente da coligação "Quem Ama Cuida I", Atemilson Bispo, o Dr. Mantena, requereu a impugnação do mandato do vereador, sob a alegação de abuso de poder econômico.


Segundo informações, em um evento de cavalgada, durante o período eleitoral, o vereador Pulú teria praticado ações que caracterizam abuso de poder, tais como distribuição de alimentação e bebidas. Após parecer favorável do Ministério Público Eleitoral (MPE) e a devida fundamentação, a juíza eleitoral Alzeni Conceição decidiu pela cassação do Diploma do vereador.


Apesar da decisão, Pulú responde no cargo, conforme disposição da legislação eleitoral, e aguarda julgamento em 2ª instância, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/BA). Caso haja novamente decisão desfavorável ao vereador, Dr. Mantena, suplente, assumirá uma cadeira na Câmara de Vereadores de Ubatã. Em tempo, muita movimentação nos bastidores. (Notícias de Ubatã)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!