Resíduos tóxicos de estação espacial podem atingir a Terra em 2018


A estação espacial chinesa Tiangong-1, descontrolada desde março de 2016, representa um perigo não apenas pela iminente queda de seus restos na superfície terrestre, mas também pela possível dispersão de substâncias altamente tóxicas. A previsão é do Centro de Estudos de Órbitas e Reentrada de Destroços da corporação Aerospace (CORDS, na sigla em inglês). Segundo o centro, o laboratório chinês de 8,5 toneladas poderia conter dentro de si restos de um perigoso combustível chamado hidrozina. "A bordo da nave espacial pode haver uma substância altamente tóxica e corrosiva chamada hidrozina, que pode sobreviver à entrada na atmosfera. Para sua segurança, não toque em nenhum resíduo que possa encontrar no chão, tampouco inale os vapores que este possa emitir", advertiu o CORDS.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!